#AIR2017: Anglo-Iberian Relations, from the Medieval to the Modern

Acontecerá de 19 a 21 de Outubro a conferência “Anglo-Iberian Relations, from the Medieval to the Modern” (ANGLOIBERIANRELATIONS2017)

O objetivo do evento é incentivar o diálogo e trabalho cooperativo entre estudiosos das relações anglo-ibéricas, coloniais e latino-americanas desde a Idade Média até a Época Moderna.

A primeira edição da conferência ocorreu em 2015, em Mértola, Portugal. No ano de 2017 o evento será em Zafra, Badajoz, na Espanha.

A programação completa pode ser conferida em:

CONFERENCE PROGRAMME

 

CONGRESO LAS EDADES DEL LIBRO 2017

Se iniciará dia 16 de Outubro, até 20 de Outubro de 2017, a terceira edição do Congresso Internacional Las Edades del Libro.

O evento, que teve edições em 2012 e 2014, tem o objetivo de reunir especialistas em estudos da cultura escrita e visual, da edição e da indústria editorial, da história de novas tecnologias, do desenho e da comunicação gráfica, dentre outros temas correlacionados.  Com isso, se espera desenvolver o debate acadêmico a cerca das formas de escrita na história.

Neste ano se dará foco ao suporte Manuscrito, Impresso e Digital de textos, conforme se constata pela programação do Congresso.

 

O evento será na UNAM (Universidad Nacional Autónoma de México) e conta com a participação de diversos pesquisadores da América Latina, Brasil e Canadá.

A programação completa pode ser conferida pelo link: http://www.actividadesacademicas.iib.unam.mx/public/conferences/1/archivos/documentos/programa-EDL2017.pdf

 

Call for papers – Conferência “Heresy and Borders”

Estão abertas as inscrições para a 3ª conferência bienal da “International Society for Heresy Studies” que ocorrerá em Londres, nos dias 15 e 16 de junho de 2018.

De acordo com o CFP fornecido pela instituição, o tema central da conferência será “Heresy and Borders”, visando-se debater “como as fronteiras entre heresia e ortodoxia são criadas, mantidas e imaginadas”. Espera-se, com essa abordagem, pensar como “o reexame das fronteiras pode demonstrar não só como construímos o outro herético, mas também pode revelar a fragilidade e natureza arbitrária de nossas próprias ortodoxias”.

Os resumos devem ser enviados para Suzanne Hobson (s.hobson@qmul.ac.uk) ou Gregory Erickson (gte1@nyu.edu) até 1º de março de 2018.

Mais informações, acesse: http://heresystudies.org/conference/2018-conference-cfp/

História Moderna em Foco na plataforma OpenEdition

Caros (as) colegas,

É com grande satisfação que informamos que o blog “História Moderna em Foco” já está disponível no catálogo on-line da plataforma OpenEdition!

A partir de agora, nossas publicações poderão ser também encontradas por meio dos diversos indexadores relacionados às áreas de humanidades.

Os leitores interessados podem, ainda, subscrever a nossa página para receber notificações sempre que algum novo conteúdo for disponibilizado!

Para subscrever, acesse: http://www.openedition.org/18702

Abs,
Equipe – História Moderna em Foco

I Jornadas “História Moderna em Foco” – Lançamentos de livros

Caros (as) colegas,

Recebemos muitas perguntas a respeito da possibilidade de realizarmos lançamentos de livros durante o evento I Jornadas “História Moderna em Foco”. Decidimos, então, abrir essa chamada aos pesquisadores interessados em lançar suas obras recém-publicadas (a partir de 2015) relacionadas à História Moderna.

Os interessados podem enviar propostas até 30/09/2017 para o email modernaemfoco@gmail.com com as seguintes informações: Autor(es) ou Organizador(es), título da obra, ano de publicação, editora, sinopse da obra, preço da obra e possíveis descontos para aqueles que comprarem o título durante o evento.

Permanecemos à disposição para mais informações em todos os canais (Facebook, Blog e E-mail) do grupo “História Moderna em Foco”.

Abs,

Comissão organizadora – I Jornadas “História Moderna em Foco”

I Jornadas “História Moderna em Foco” – Inscrições encerradas

Caros (as) colegas,

Gostaríamos de agradecer a todos (as) que nos enviaram seus resumos de trabalho para as I Jornadas “História Moderna em Foco”, que ocorrerão na EFLCH – UNIFESP, nos dias 06 e 07 de novembro de 2017.

Estamos felizes em informar que recebemos mais do que o dobro de inscrições que esperávamos, o que demonstra o interesse de todos (as) por propostas que ofereçam diálogos mais abertos sobre a Época Moderna.

Leremos todos os resumos e trabalharemos arduamente durante o mês de setembro para organizar as apresentações de forma a garantir discussões proveitosas aos nossos convidados. Entraremos em contato por volta de 30/09/2017 para encaminhar as cartas de aceite do evento.

Agradecemos imensamente o interesse!

Abs,

Comissão organizadora – I Jornadas “História Moderna em Foco”

Revista Trashumante (2017): “Tráfico de esclavos y esclavitud en las Américas. Siglos XVI-XIX”

Está disponível on-line o n. 10 (2017) da Revista Trashumante – Revista Americana de Historia Social, cujo volume temático é intitulado “Tráfico de esclavos y esclavitud en las Américas. Siglos XVI-XIX”.

Veja mais em: http://aprendeenlinea.udea.edu.co/revistas/index.php/trashumante/issue/view/2698

I Congresso da Associação Brasileira de Estudos do Século XVIII – ABES: “As Luzes e o Brasil”

Entre 4 e 6 de setembro acontecerá o I Congresso da Associação Brasileira de Estudos do Século XVIII – ABES. O evento será realizado no Conjunto Didático de Filosofia e Ciências Sociais da FFLCH-USP sob o tema “As Luzes e o Brasil“.

Programação completa, caderno de resumos e outras informações em: http://abes18.wixsite.com/inicio/congresso

Seminários História Unifesp “Circulação de impressos, conexões milenaristas e debates sobre a origem dos povos americanos no Atlântico, 1640-1660”

Na próxima segunda-feira, dia 04/09, às 18h, ocorrerá mais um Seminário Conjunto entre Pós e Departamento de História da Unifesp. Nesta edição o Prof. Dr. Luís Filipe Silvério Lima (EFLCH – Unifesp) apresentará seu trabalho intitulado: “Circulação de impressos, conexões milenaristas e debates sobre a origem dos povos americanos no Atlântico, 1640-1660”. O seminário será no Auditório (Térreo) do Campus Guarulhos, EFLCH, Unifesp (Estrada do Caminho Velho, 333, Jd. Nova Cidade – Guarulhos – SP).

Seminários História Unifesp “Considerações sobre a construção das políticas indigenistas de Portugal e Espanha (séculos XVI e XVII)”

Nesta quinta, 31/8, às 18h, ocorre o próximo Seminário Conjunto entre Pós e Departamento de História da Unifesp, com a pesquisadora Fernanda Spósito (Pós-Doc Unifesp) que discutirá seu trabalho “Considerações sobre a construção das políticas indigenistas de  Portugal e Espanha(séculos XVI e XVII)” . O serminário será no Auditório (Térreo) do Campus Guarulhos, EFLCH, Unifesp (Estrada do Caminho Velho, 333, Jd. Nova Cidade – Guarulhos – SP).

Dicionários Históricos & Bases Lexicográficas On-Line – algumas indicações

Uma ferramenta muito útil para quem pesquisa a Época Moderna são as bases lexicográficas e de dicionários disponíveis on-line. Muitas delas compilam as entradas de dicionários e vocabulários impressos no período moderna, outras montam corpus pesquisáveis a partir de centenas às vezes milhares de textos. Abaixo, seguem algumas sugestões:

Para o Português

O CLP (Corpus Lexicográfico do Português) é o mais abrangente em termos do corpo de dicionários que permite pesquisar, começando com os dicionários português-latim do Jerônimo Cardoso do séc. XVI até o do Pedro Fonseca em fins do séc. XVIII, passando pelo Vocabulário do Bluteau. São 17 dicionários além de outras fontes úteis para uma pesquisa lexicográfica e, por tabela, de semântica histórica.

A Brasiliana Digital, face on-line da Biblioteca Brasiliana Mindlin,  permite a consulta aos dicionários de Bluteau, Morais e a alguns dos primeiros dicionários brasileiros, já no séc. XIX. Entretanto, por razões da mudança de plataforma, o sistema de buscas, por vezes, não funciona perfeitamente.

Tycho Brahe é uma base de e para linguistas, o que significa que por vezes os recursos não são voltados para pesquisa histórica, mas o repertório de fontes é bom e, depois de se acostumar um pouco afim de conseguir fazer buscas, pode ser bem útil.

O Corpus do Português é um projeto de fazer busca por termos em um corpus amplo de fontes de língua portuguesa. Pode ser útil, mas, de novo, mais voltado para linguístas.

Por fim, o projeto de um filólogo alemão aposentado, Dieter Messner, o “Dicionários dos dicionários portugueses” que é literalmente fazer um dicionário com todas as entradas de todos os dicionários/vocabulários do séc. XV ao XIX. Infelizmente não é um projeto finalizado, mas o que existe disponível em sua página pessoal é impressionante.

Para o Espanhol

O site da Real Academia Española (RAE) permite uma série de buscas interessantes. É possível buscar as diferentes entradas para uma palavra nas várias edições do Diccionário de la Lengua Española, desde a primeira edição no século XVIII. É que chamam de Mapa de Diccionários Académicos.
Mas a ferramente mais potente em termos lexicográficos e para pensar os usos e significados históricos de um termo, com certeza, é o CORDE (“Corpus Diacrónico del Español”). Nele, se pode fazer buscas num corpus imenso de textos em espanhol, catalão, galego e mesmo português por termos específicos, e o CORDE retorna onde, quando, como aparece, e ainda faz gráficos de frequência, entre outras funcionalidades.

Para o Francês

O ARTFL é um projeto muito útil da Universidade de Chicago, que tem uma página dedicada só a dicionários do sec. XVI ao XX, Dictionnaires d’autrefois. O ARTFL tem uma série de outras ferramentas de buscas de termos (e não só para francês) que podem ser bastante produtivas. Muitas delas, infelizmente, de acesso restrito para instituições assinantes.

Para o Inglês

O Oxford English Dictionary, por certo, é a referência mais conhecida, mas o seu acesso é restrito para assinantes. Entretanto, há uma base que compila vários dicionários do séc. XV ao XVIII, que permite acesso livre: LEME (Lexicons of Early Modern Language). A LEME permite buscas por termos nas várias entradas de vocabulários, dicionários bi- ou multilíngues, dicionários de inglês, por vezes, sendo possível ver o uso de termos que constam no verbete ou na abonação mas não existem como entrada específica, além de indicar de modo visual a recorrência do termo ao longo do tempo. Tem uma versão livre, que limita o número de consultas, e uma versão para assinantes, com busca ilimitada.

Quem tem medo dos livros? Jean-Yves Mollier no IEA (17/08)

Conferência relaciona o poder dos livros com o medo e as censuras através da história

“O poder dos livros e como eles foram combatidos e censurados através dos séculos será tema de encontro que acontece na Sala de Eventos do IEA, no dia 17 de agosto, às 10h30. Quem tem medo dos livros? terá conferência de Jean-Yves Mollier, professor emérito da Universidade de Versailles Saint-Quentin-en-Yvelines, França, sob a coordenação de Marisa Midori Deaecto, da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da USP e que integra o Programa Ano Sabático do IEA este ano. O evento tem o apoio do Consulado Geral da França em São Paulo e do Institut Français no Brasil. Mollier falará em francês, com tradução simultânea e transmissão ao vivopela web. Para participação presencial, é necessário inscrição prévia.”

Quem tem medo dos livros?
17 de agosto, às 10h30
Sala de Eventos do IEA – Rua da Praça do Relógio, 109, bloco K, 5º andar, Cidade Universitária, São Paulo
Evento gratuito, com transmissão ao vivo pela internet
Inscrições pelo formulário
Mais informações: Claudia Regina (clauregi@usp.br), telefone: (11) 3091-1686

http://www.iea.usp.br/eventos/quem-tem-medo-dos-livros

XIII Jornadas Internacionais de Estudos das Monarquias Ibéricas – Inscrições para Ouvinte

XIII Jornadas Internacionais de Estudos das Monarquias Ibéricas: Nações em movimento. Índios, africanos e cristãos-novos nos impérios ibéricos ultramarinos
Rio de Janeiro, 27-30 setembro
2017

Museu Histórico Nacional (Praça Marechal Âncora, Centro, Rio) e Museu Nacional (Quinta da Boa Vista, São Cristóvão, Rio)

As Jornadas constituem a série de eventos anuais promovida por Red Columnaria – rede temática de estudos sobre as fronteiras das monarquias ibéricas. Neste ano elas ocorrerão no Rio de Janeiro, no Museu Histórico Nacional e no Museu Nacional.

A programação das XIII Jornadas Internacionais de Estudos das Monarquias Ibéricas pode ser visto aqui, e demais informes assim como os resumos estão disponíveis na página do facebook da Cia da Índias/UFF.

As inscrições para ouvintes estão abertas via  site da Cia. (R$10,00 para estudantes de graduação comprovados, R$20,00 para os demais).

Resenha do livro recentemente lançado na ANPUH “Visions, Prophecies And Divinations”

O livro é resultado dos diálogos realizados no Colóquio Internacional Messianismo, Milenarismo e Profecia​ em 2012

A resenha da historiadora Maria Jordán-Arroyo pode ser conferida no Cuadernos de Historia Moderna pelo link:

http://revistas.ucm.es/index.php/CHMO/article/view/56673/51241

 

 

Inscrições abertas para o “II Simpósio Império e Colonização: Sociedade, Economia e Administração”

Estão abertas inscrições de trabalhos para serem apresentados no “II Simpósio Império e Colonização: Sociedade, Economia e Administração”, que ocorrerá ente os dias 26 e 28 de setembro de 2017 no Departamento de História da USP.

O objetivo do evento é “abrir espaço para pesquisas que tornem mais complexa a ideia de colônia e metrópole; seja introduzindo as dimensões intercoloniais de relação, como, no caso do tráfico, a dinâmica atlântica; seja analisando as diferentes formas de organização das relações entre a Metrópole e suas colônias, no espaço e no tempo. De outra parte, buscamos também destacar os elementos que embasam a conexão das relações entre as partes do Império, ressaltando sua dimensão plural, mas afastando a visão de descerebração ou de ausência de centralidade”.

As inscrições serão realizadas até 20 de agosto!

Mais informações no site: http://asc.fflch.usp.br/simposio