Bolsa FAPESP TT-4A: “O ensino da Fé Cristã na Península Ibérica”

O Grupo Jovem Pesquisador “O ensino da Fé Cristã na Península Ibérica” torna pública a chamada de uma bolsa FAPESP TT- 4A no valor mensal de R$ 5.087,20 para graduado em TI com quatro anos de experiência na área.

É exigida experiência no campo de programação de sites e diagramação de livros. 

Além disso, o candidato não pode possuir vínculo empregatício. 

Interessados devem enviar e-mail para umahistoriadapeninsula@gmail.com contendo currículo e carta de motivação. Assunto: Bolsa TT – 4A.

Informe sobre as IV Jornadas “História Moderna em Foco”

Tendo em vista a crise que enfrentamos devido à pandemia do novo coronavírus, optamos por cancelar as Jornadas “História Moderna em Foco” de 2020, pois não haverá condições sanitárias adequadas para a execução do evento. Paralelamente, também não consideramos que a realização virtual de nosso congresso seria uma alternativa adequada aos debates que viemos promovendo desde 2017. Ao longo do próximo semestre, pretendemos anunciar as datas para a realização das Jornadas em 2021.

Lamentamos esse cancelamento e esperamos vê-l@s na edição do ano que vem. 

Curso de extensão: “Eurocentrismo e colonialismo: uma história moderna?”

A partir de 19 de junho de 2020, o Núcleo de Estudos de História Moderna (NEHMO) da UERJ vai promover o curso de extensão Eurocentrismo e colonialismo: uma história moderna?

Nos encontros, coordenados pela Prof.ª Dr.ª Nívia Pombo e pela Prof.ª Dr.ª Rachel Williams, serão discutidos os seguintes temas:

I. O que é a Europa? Ideia, legado cultural e eurocentrismo.

II. Além das Luzes: Colonialismo (anticolonialismo) e racismo.

III. Pensamento Pós-colonial e Decolonial.

IV. Uma outra modernidade é possível?

Para ver o programa do curso, clique aqui.

Maiores informações e inscrições por meio do e-mail: nehmo.uerj@gmail.com

Interlocuções

O Nota de Rodapé tem contribuído com a divulgação e o debate sobre temas e pesquisas atuais em História. Recentemente, o canal deu início à série Interlocuções. Nela, o criador do canal, Jonathan Portela (doutorando em História – UNICAMP), reúne um grupo especializado para entrevistar expoentes da historiografia.

No momento, já estão disponíveis dois episódios da série. O primeiro, com o historiador francês Roger Chartier, um bate papo sobre história do livro e da leitura com Jonathan Portela (Nota de Rodapé), Verônica Calsoni (doutoranda – USP), Ana Paula Torres Megiani (USP) e Maria Rita Toledo (UNIFESP). E o segundo, com o historiador indiano Sanjay Subrahmanyam, para falar sobre história global e histórias conectadas na Idade Moderna com Jonathan Portela (Nota de Rodapé), Verônica Calsoni (doutoranda – USP), Raquel Gomes (UNICAMP) e Bruno Feitler (UNIFESP).

Outras entrevistas virão, com historiadores como James Green, Carlo Ginzburg e Robert Darnton. Vale a pena conferir e se inscrever no canal!

CfP Mapear os Rituais Públicos no Império Português na Época Moderna

Estão abertas as inscrições para o congresso internacional “Mapear os Rituais Públicos no Império Português na Época Moderna” (ICS-ULisboa, 6 a 7 de julho de 2020)

Para submeter uma proposta de comunicação, é preciso enviar o resumo (máx. 200 palavras) e um CV breve (máx. 1 página) para o e-mail publicrituals@gmail.com até 15 Fevereiro 2020.

Para saber mais sobre o evento e as inscrições, clique aqui.

CfP II Seminário “Materialidade e Interpretação de Manuscritos e Impressos da Época Moderna”

Estão abertas as inscrições para o II Seminário “Materialidade e Interpretação de Manuscritos e Impressos da Época Moderna” (UnB, 21 a 23 de maio de 2020), organizado pelo grupo de pesquisa Metamorphose.

Serão aceitos resumos de pesquisadores e estudantes de graduação e pós-graduação interessados nos estudos da materialidade social de manuscritos e impressos da Época Moderna.

As inscrições podem ser feitas até 15/03/2020.

Para maiores informações sobre o evento e as inscrições, clique aqui e veja a chamada do grupo.

IV Encontro Internacional: “Bibliotecas, Livrarias, Arquivos”

Entre os dias 29 e 31 de outubro, ocorrerá o IV Encontro Internacional Bibliotecas, Livrarias, Arquivos: circulações letradas nos séculos XVI- XVIII espaço lusófono República(s) das Letras e Bibliotecas em Viagem.

Sediado na Biblioteca Brasiliana Guita e José Mindlin (USP), o evento contará com falas de Fernando Bouza, Roger Chartier, Neil Safier, Pierre-Antoine Fabre, Diogo Ramada Curto, João Adolfo Hansen, Federico Palomo, entre outros.

A programação pode ser conferida aqui.

As inscrições de ouvintes podem ser feitas até 24/10. Para se inscrever e ver mais informações, acesse a página do evento: http://celp.fflch.usp.br/IVencontrointernacionalcircula%C3%A7%C3%B5esletradasXVI-XVIII

Prorrogação das inscrições para as III Jornadas História Moderna em Foco

Informamos que as inscrições para a III Jornadas História Moderna em Foco foram prorrogadas para o dia 30 de junho. As propostas de comunicações devem ser submetidas através do Formulário de Inscrição, contando com um resumo (máx. 300 palavras + 5 palavras-chave). Para mais informações, confira a nossa página do Facebook, o nosso blog, nossa página no Instagram ou envie um e-mail para: modernaemfoco@gmail.com.

Projeto Resistance – Revolta e Resistência nos Impérios Ibéricos, séculos XVI a XIX

Desde Junho de 2018 pesquisadores da Europa, Américas, Ásia e África se reuniram para investigar “os processos de resistência de categorias sociais discriminadas, segregadas e “de baixo” nos impérios ibéricos, entre 1500 e 1850”.

O projeto prevê ainda a divulgação dos resultados de suas pesquisas em linguagem acessível para diversos públicos, especialmente o escolar. Assim, o grupo de pesquisadores coordenados pela professora Mafalda Soares da Cunha e composto por 102 pesquisadores de 4 instituições portuguesas (Universidade de Évora, FCSH-NOVA, ICS-ULisboa, ISCTE-IUL, Max Plank Institute, Universidad de Cantabria e Universidad de Santiago de Compostela) e seis instituições não europeias (Pontificia Universidad Católica de Chile, Universidad Nacional de La Plata, Universidade de Cabo Verde, El Colegio de Michoacán, Universidade Federal da Bahia e Brown University), criou uma página no YouTube. No canal, foi publicada recentemente uma entrevista a Gregorio Salinero e Manuel Herrero Sánchez sobre rebeliões no período moderno.

O Projeto Resistance é de fundamental importância no contexto histórico atual, uma vez que revisita um período tradicionalmente estudado, tendo em perspectiva os “fenómenos de resistência activa e passiva em diferentes territórios e cronologias”. Buscando analisar “a morfologia e a gramática da resistência, contrastando: os impérios português e espanhol, os espaços europeus e não europeus, e a sua evolução ao longo desses 250 anos, sempre com o propósito de destacar o papel dos grupos subalternizados na transformação social”.

Temporada de Frederico Palomo em São Paulo

Nos dias 26 e 27 de Março, o Programa de Pós Graduação Em História da UNIFESP e a Cátedra Jaime Cortesão da USP receberão o  historiador Frederico Palomo del Barrio da Universidad Complutense de Madrid.

 

 

Na terça-feira, dia 26, o historiador ministrará a aula inaugural do PPGH-UNIFESP às 18h30, na sala 210. O título da aula é “A memória do mundo: clero e cultura letrada nos espaços do Império português (sécs. XVI-XVIII)”. 

 

26/03/2019. Frederico Palomo na UNIFESP

 

No dia seguinte, quarta-feira, 27, o pesquisador participará do lançamento e debate do livro Monarquias Ibéricas em Perspectiva Comparada (séc. XVI-XVIII), no Auditório Nicolau Sevcenko, às 18h.

 

Os eventos serão realizados no campus da UNIFESP em Guarulhos, e da USP no Butantã.

 

27/03/19. Frederico Palomo na USP.

 

ANPUH 2019 – ST Novos olhares sobre a Época Moderna (séc. XV-XVIII)

Foi aprovado no próximo simpósio da ANPUH um ST dedicado à História Moderna em sentido mais amplo. É o ST 126 “Novos olhares sobre a Época Moderna (séc. XV-XVIII)”, coordenado por Luís Filipe Silvério Lima (da Unifesp e deste grupo) e Marília de Azambuja Ribeiro (da UFPE). O resumo do ST segue ao fim do post.

As inscrições de propostas de comunicações abrirão em 14 de janeiro. O 30. Simpósio da ANPUH ocorrerá entre 15 e 19 de janeiro em Recife, no campus da UFPE.


Novos olhares sobre a Época Moderna (séc. XV-XVIII)

Coordenadores: Luís Filipe Silvério Lima (Unifesp), Marília de Azambuja Ribeiro (Universidade Federal de Pernambuco).

Resumo: Este simpósio temático pretende ser um espaço para discussão de pesquisas sobre a Época Moderna, buscando atrair pesquisadores/as, estudantes e professores/as que se dedicam ao estudo do período, desde o séc. XV até o séc. XVIII. Menos do que uma proposta que busque se filiar a correntes e abordagens historiográficas específicas (História Social, História Cultural, História Política etc.), o ST quer incentivar o debate entre perspectivas teórico-metodológicas, buscando promover uma interlocução entre os pesquisadores brasileiros que se têm dedicado ao estudo da História Moderna. Ao mesmo tempo, a extensão espacial e temática pretendida por este simpósio não se restringe ao contexto europeu e assim também visa abrigar pesquisas que analisem a circulação de sujeitos, ideias, objetos e produtos por todos os continentes. Serão especialmente bem-vindas propostas que possibilitem o diálogo entre espaços, métodos, enfoques diversos, seja em sua própria formulação, seja na abertura para a reflexão coletiva. Seguindo esforços anteriores em encontros da ANPUH, têm-se, por fim, como meta possibilitar um retrato da produção na área ao mesmo tempo que fomentar os estudos historiográficos sobre História Moderna no Brasil.

 

Em Outubro, na UnB: Materialidade e interpretação de manuscritos e impressos na Época Moderna

Em 19 e 20 de outubro, haverá um seminário dedicado a materialidade dos impressos e manuscritos na Época Moderna, organizado pelos profs. André de Melo Araújo (UnB) e Rodrigo Bentes Monteiro (UFF). O seminário ocorrerá na biblioteca da UnB. As inscrições para ouvintes estão abertas, mas são limitadas e devem ser feitas via página do evento. A programação segue abaixo.

PROGRAMA

6a feira, 19/10
14h00
Abertura

14h30 / 16h00
1 – Materialidade e circulação
Moderadora – Tereza Kirschner (UnB)
– Impérios portáteis: investigação sobre o gênero atlas na crise dos impérios modernos (1713-1825), Iris Kantor (USP)
– Vestígios materiais para estudo da produção e circulação de manuscritos: três casos de estudo para a história e a restauração, Márcia Almada (UFMG)
16h15 / 18h30
2 – Fontes conjuntas
Moderador – Marcos Aurélio Pereira (UnB)
– O prefácio como gênero e sua especificidade nos textos cosmográficos, Andréa Doré (UFPR)
– Edifício das letras: história e controvérsia na Bibliothèque Française de Charles Sorel, Luiz César de Sá (UnB)
– Política, espetáculo e propaganda: o uso político do mecenato e da imprensa pelos representantes da corte portuguesa em Roma durante as primeiras décadas do século XVIII, Marília de Azambuja Ribeiro (UFPE)

Sábado, 20/10
09h30 / 11h00
3 – Interpretações textuais
Moderador – Raphael Greenhalgh (UnB)
– O fígado e a vingança feminina: a literatura de rua francesa como fonte para uma história das emoções, Silvia Liebel (UFMG)
– O maravilhoso e as histórias no códice sobre a revolta de 1720 em Vila Rica, Rodrigo Bentes Monteiro (UFF)

11h00 / 12h30
4 – Edições em processo
Moderadora – Valeria Gauz (Museu da República)
– Menasseh Ben Israel como editor: a edição de Esperança de Israel/Spes Israelis (1650) e os embates políticos pela readmissão dos judeus na Inglaterra, Luís Filipe Silvério Lima (Unifesp)
– A configuração visual da informação histórica à época do iluminismo alemão, André de Melo Araújo (UnB)

12h30
Balanço das atividades